Veículos autônomos: o que o futuro nos reserva

Por Juliana Monaco
17 maio 2018
Inovação

Vivemos em uma época em que estamos dando saltos na tecnologia, passando de ideias abstratas para a realidade. Desde a substituição de engrenagens manuais por transmissões automatizadas até os Sistemas de Posicionamento Global (GPS) instalados em carros, estamos agora falando de veículos totalmente autônomos. O que é um veículo autônomo? É um veículo sem motorista, controlado por computadores.

Veículos autônomos: o que o futuro nos reserva

Imagem: Pixabay

(mais…)

10 Casos de uso reais da Internet das Coisas

Por Juliana Monaco
15 maio 2018
Inovação

O que torna a mente humana diferente é sua capacidade de sentir curiosidade sobre como as coisas funcionam e como melhorá-las. É uma busca constante para tornar o mundo um lugar melhor e mais seguro. Há muito tempo, a internet desempenha seu papel neste domínio por causa da maneira como conectou o mundo. Se imaginarmos a interconexão da internet como um raio de luz, o mundo seria iluminado por raios emergindo de um lado e culminando no outro lado.

(mais…)

Como Machine Learning e Big Data estão mudando o Web Design

Por Juliana Monaco
08 maio 2018
Big Data

Mais do que muitos outros aspectos da internet moderna, projetar um site está se tornando mais barato e mais fácil do que nunca, em grande parte graças à análise avançada de dados e tecnologia de aprendizado de máquina. Apesar das rápidas mudanças na forma como nossos sites são projetados, muitas pessoas ainda não estão familiarizadas com o que devem fazer para se prepararem.

Imagem: Shutterstock

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre IA e Big Data quando se trata de web design, e o que você pode fazer para se preparar para um futuro em que essas tecnologias serão protagonistas. (mais…)

Como a IoT está afetando o desenvolvimento de dispositivos móveis

Por Juliana Monaco
03 maio 2018
Inovação

A Internet das Coisas (IoT) é uma das tendências tecnológicas contemporâneas mais comentadas. Analistas do Gartner afirmam que, até 2020, haverá mais de 26 bilhões de dispositivos conectados.

Como a IoT está afetando o desenvolvimento de dispositivos móveis

Imagem: Pixabay

A IoT é um conceito bastante simples, com aplicações profundamente úteis. A ideia básica por trás da IoT é incorporar itens de uso diário, como máquinas de café, máquinas de lavar, carros, geladeiras, dispositivos de diagnóstico médico e despertadores com hardware, software e conectividade com a Internet para que esses dispositivos possam se comunicar e trocar dados. O resultado são níveis inigualáveis ​​de eficiência e praticidade em muitas áreas, desde questões domésticas simples até cuidados de saúde. (mais…)

Inteligência artificial e Medicina: o que você precisa saber

Por Juliana Monaco
02 maio 2018
Inovação

A Inteligência Artificial existe desde os anos 50 e faz parte das imaginações coletivas de um futuro melhor há décadas. No entanto, apenas recentemente essa tecnologia começou a fazer contribuições significativas na medicina. Embora ainda estamos a várias décadas de distância de robôs que o atendem em um consultório médico, as influências da tecnologia da IA no campo da medicina já existem.

Inteligência artificial e Medicina: o que você precisa saber

Imagem: shutterstock

O que é Inteligência Artificial?

A WorkFusion, uma empresa especializada em automação inteligente, define inteligência artificial da seguinte forma: “A IA proporciona às máquinas a capacidade de aprender, raciocinar e entender. Ela usa dados históricos e ação humana em tempo real para treinar algoritmos para fazer o trabalho da mesma maneira que uma pessoa – de forma mais rápida e sem erros. A IA é o ramo da ciência da computação e o Machine Learning é o ramo da IA ​​que é usado hoje pelas principais empresas.”

O aprendizado de máquina (Machine Learning) é geralmente considerado a forma “verdadeira” de inteligência artificial, já que os computadores adquirem a capacidade de aprender sozinhos sem a constante supervisão de um técnico humano. Hoje, no entanto, a maioria das soluções de inteligência artificial emergentes dos setores médico e de saúde não é um exemplo de aprendizado de máquina. Em vez disso, essas tecnologias dependem de algoritmos criados por seres humanos que são utilizados por computadores e outras formas de inteligência artificial para analisar diversos conjuntos de dados e ajudar a recomendar certas opções de tratamento.

O que exatamente a IA está fazendo no campo médico?

Embora ainda não possamos estar no limiar da verdadeira Inteligência Artificial caracterizada pelo Aprendizado de Máquina em hospitais e clínicas, os algoritmos incorporados em humanos nos computadores estão avançando de forma importante. Por exemplo, os hospitais de câncer usam rotineiramente os algoritmos de vários especialistas em determinadas áreas de estudo de oncologia para verificar opções de tratamento disponíveis. Junto com esta informação, um médico também insere um prontuário específico do paciente.

Essas informações permitem que um médico revise e discuta com seu paciente centenas de diferentes alternativas de tratamento para seu tipo específico de câncer. Em vez de experimentar diferentes combinações de medicamentos quimioterápicos, a inteligência artificial permite que médicos e pacientes reúnam instantaneamente informações relacionadas às melhores práticas disponíveis.

Outro possível uso da IA na área da saúde é através do desenvolvimento do “olho digital”, ou software de reconhecimento de padrões visuais. Quase metade de todas as mulheres dos EUA recebe um resultado falso positivo de uma mamografia durante a sua vida devido a erro humano. As tecnologias de IA, como o reconhecimento de padrões visuais, podem ajudar a evitar esses erros comuns e permitir que os pacientes recebam um diagnóstico mais preciso.

À medida que as tecnologias de IA continuam a se desenvolver, mais e mais usos no campo da medicina e na indústria continuarão a surgir.

Fonte: SmartDataCollective