Blog

Inovação

Gestão tributária reduz custos e garante maior segurança às empresas

Uma pesquisa realizada pelo Fórum de Departamentos Jurídicos (FDJUR) revelou que a condução dos casos tributários é terceirizada em 92% das empresas entrevistadas. No entanto, 53% disseram que a gestão dos assuntos relacionados ao contencioso, controladoria e planejamento tributário está concentrada na equipe jurídica interna. Já em relação ao contencioso de massa, 50% tratam internamente, 23% terceirizam e 19% atuam em ambas as frentes.  

Quais as vantagens de uma boa gestão tributária?

A gestão tributária refere-se ao gerenciamento dos aspectos tributários de uma organização visando o controle das operações que tenham relação direta com os tributos. Isso envolve planejamento, auditoria e compliance.

Como explorar e gerenciar dados com o CRISP-DM

Um dos maiores desafios das empresas atualmente é conseguir relatórios e informações consistentes de forma rápida para que as análises possam nortear suas metas e objetivos. Assim, é necessário investir em soluções de Big Data e Business Intelligence para ajudar a entender suas reais necessidades e tomar melhores decisões. Entre as diversas técnicas e métodos de análise e mineração de dados, está o CRISP-DM.

Advocacia 4.0: como a quarta revolução industrial impacta a área jurídica

Os avanços tecnológicos têm impulsionado crescimentos notáveis na produtividade industrial desde a segunda metade do século XVIII: primeiro com a mecanização da produção, depois com a adoção da energia elétrica e a informatização das operações.

No passado mais recente, os avanços tecnológicos industriais foram apenas incrementais, especialmente em comparação com os avanços que transformaram a TI, as comunicações móveis e o comércio eletrônico.

Entretanto, agora estamos no meio de uma quarta onda de avanço tecnológico: o surgimento da tecnologia industrial digital conhecida como Indústria 4.0, uma era de Inteligência Artificial, realidade aumentada, análise de dados, sensores, máquinas, peças e sistemas de TI que serão interconectados ao longo da cadeia de valor de um produto, eliminando as barreiras de comunicação entre departamentos, empresas e clientes.

As indústrias e os mercados já estão adotando a Indústria 4.0 de diferentes maneiras, incluindo a área jurídica - o que chamamos de advocacia 4.0.

O impacto da Inteligência Artificial na área jurídica

Um estudo recente realizado pela LawGeex analisou as habilidades de 20 advogados experientes e comparou com a Inteligência Artificial. A tarefa consistia em analisar os riscos contidos em cinco contratos de confidencialidade. O grupo participante incluía diretores jurídicos, advogados autônomos e associados de grandes empresas globais, como Goldman Sachs, Cisco e Alston & Bird.

A Inteligência Artificial alcançou 94% de precisão, enquanto os advogados obtiveram a média de 85%. Em relação à velocidade, a IA ganhou em disparada, analisando todos os contratos em apenas 26 segundos contra 92 minutos dos advogados.

Fonte: AB2L