Big Data e Cloud Computing são tecnologias valiosas por si só. No entanto, muitas empresas utilizam uma combinação de ambas visando obter mais benefícios para o negócio, uma vez que as nuvens oferecem flexibilidade e eficiência para acessar dados, oferecer insights e impulsionar valor.

Um Levantamento da International Data Corporation Brasil (IDC Brasil) aponta que, até 2020, o segmento de Cloud Computing deverá movimentar receitas de US$ 43,6 bilhões. Só no Brasil, em 2017 os investimentos no setor chegaram a US$ 4,5 bilhões, devendo alcançar US$ 20 bilhões nos próximos dois anos.

Leia também: 4 Motivos para adotar uma estratégia Multicloud

Big Data e Cloud Computing

A tendência para o setor de tecnologia é que os serviços disponíveis por meio de clouds sejam cada vez mais utilizados devido à praticidade, usabilidade e segurança que a nuvem pode oferecer para operações e empresas de todos os tamanhos e setores. Implantar esses ambientes em cloud pode ser um caminho para analisar os dados de suas redes tanto privadas, quanto públicas.

As principais características de Cloud Computing são:

  1. Serviços sob demanda: você usa os serviços conforme sua necessidade
  2. Amplo acesso à rede: não existe limitação para uso e acesso ao que está armazenado;
  3. Escalabilidade ilimitada e rápida: a alocação de novos recursos não pode depender de uma pessoa ou mesmo de um sistema;
  4. Pagamento por uso: os serviços devem ser pagos conforme o uso dos recursos.

Essas qualidades a tornam ideal para ser implementada nas empresas, estruturando todos os processos em nuvem. Isso cria uma ligação direta entre Cloud computing e Big Data, já que é nela que estão todos os dados.

Segurança

Uma das principais preocupações das empresas e provedores é em relação à segurança dos dados na nuvem, uma vez que, os grandes conjuntos de dados geralmente contêm informações confidenciais, como números de cartão bancário, endereços e outros detalhes. No entanto, pesquisas mostram que um ambiente em nuvem tende a ser mais seguro do que em uma rede corporativa, pois os serviços de Cloud Computing possuem mecanismos de proteção que podem preservar a infraestrutura do cloud por meio de firewalls inteligentes.

Os maiores serviços de computação em nuvem são executados em uma rede mundial de datacenters seguros, que são atualizados regularmente com a mais recente geração de hardware, oferecendo redução na latência de rede e mais economia de escalonamento.

Tipos de Serviços em Nuvem: IaaS, PaaS e SaaS

A maioria dos serviços de Cloud Computing se divide em três categorias: IaaS (infraestrutura como serviço), PaaS (plataforma como serviço) e SaaS (software como serviço).

IaaS (Infraestrutura como Serviço)

É a base da pirâmide. Oferece os recursos computacionais básicos (hardware para processamento e armazenamento) e deixa a cargo do contratante a administração do ambiente de software.

PaaS (Plataforma como Serviço)

O serviço PaaS se refere aos serviços de computação em nuvem que fornecem um ambiente sob demanda para desenvolvimento, teste, fornecimento e gerenciamento de aplicativos de software, permitindo utilizar recursos da nuvem com pequena necessidade de intervenção na infraestrutura de TI.

SaaS (Software como Serviço)

É o topo da pirâmide. O SaaS fornece aplicações ao usuário final sob demanda e, normalmente, em uma base de assinaturas. Com o SaaS, os provedores de nuvem hospedam e gerenciam o aplicativo de software e a infraestrutura e fazem manutenções, como atualizações de software e aplicação de patch de segurança.

Solução

A Semantix oferece uma solução multicloud de outra galáxia. O Semantix OpenGalaxy oferece suporte para atender os maiores provedores de clouds do mundo, acelerando a transformação digital na sua empresa. Armazene, transforme e analise dados usando uma plataforma de terceira geração com arquitetura segura e centrada em dados.