No mundo da análise de dados, tudo começa com a coleta de dados. Isso significa que eles precisam ser processados ​​de maneira rápida, confiável e devem ser estruturados de forma adequada a fim de que fiquem disponíveis imediatamente para a análise. A capacidade de fazer isso, independentemente do tamanho, da forma ou da velocidade do conjunto de dados, é a razão pela qual o Beats é a principal ferramenta utilizada.

Na versão 6.2, foi lançado o recurso de métricas de monitoramento do Beats para fornecer uma visibilidade profunda da integridade e status geral da implantação. Mais recentemente, na versão 6.5, surgiu o gerenciamento central do Beats, que fornece uma interface centralizada no Kibana para gerenciar e atualizar as configurações do Beats. Esse recurso tem como objetivo reduzir drasticamente a dependência dos usuários em ferramentas de gerenciamento de configurações externas como Ansible, Puppet ou Chef, permitindo que as alterações de configuração do Beats sejam gerenciadas diretamente no Elastic Stack (ou seja, Kibana e Elasticsearch).

Conheça o Semantix OpenGalaxy, uma plataforma de dados que possibilita subir o Stack ELK em 1-Click e aproveitar todas as suas features.

A nova interface

Encontrada na guia Management do Kibana, essa nova interface permite que os usuários registrem Beats com facilidade e segurança no fluxo de trabalho do gerenciamento central. Após a inscrição, esses Beats e suas configurações podem ser gerenciados diretamente pela interface, independentemente de ser um Beats ou milhares.

Leia também: Organize seus dados com o novo Kibana Spaces

Novo comando de registro no Filebeat e no Metricbeat

Para permitir o controle de um Beat no gerenciamento central, o Filebeat e o Metricbeat possuem um novo comando de registro que é usado por meio de um token gerado na interface, ou por um nome de usuário e senha de uso restrito do utilizador.

Beats com tags de configuração

Gerenciar as complexidades de uma implantação em grande escala pode ser um desafio. Assim, para o gerenciamento central, foi introduzido o conceito de tags para as configurações do Beats. As tags são uma coleção de blocos de dados de configuração separados, permitindo que você compartilhe a configuração entre Beats no todo ou em parte.

Segurança

Sempre que você implementa uma ferramenta de gerenciamento, existe a possibilidade de ataques. Assim, algumas medidas de segurança são fundamentais para garantir que sua infraestrutura esteja segura ao usar o gerenciamento central do Beats, como:

  • Tokens de autenticação exclusivos por Beat
  • Funções de usuário adicionais para permitir o controle sobre quem pode acessar o gerenciamento central
  • Tokens de registro com expiração automática
  • Mecanismos de autenticação e autorização do Elasticsearch

Confira o passo a passo para instalar o Stack ELK.

Fonte: Elastic